quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Sopão de Filmes: A represa e o fim do mundo

clique na imagem para ampliar!

O QUE:
cineclube SOPÃO DE FILMES apresenta: "A represa e o fim do mundo"

QUANDO:

Domingo, 26/10, 19:30

QUANTO:

Entrada franca, com doação sugerida de R$ 1

ONDE:

Espaço Cultural Pomar das Artes
R. Antonio Carlos Ferreira, 418 - Agronomica
(inicio do Morro do Horacio, mesma rua do posto Angeloni beira-mar)

CONTATO:

Sopao.De.Filmes@gmail.com
(48) 9941-2714
www.SOPAOdeFILMES.blogspot.com.br







SOPÃO DE FILMES: A represa e o fim do mundo


Em Outubro o cineclube SOPÃO DE FILMES traz 2 médias metragens delineados por represas hidroelétricas. O tema, presente nos dois documentários diametricamente opostos em termos de estilo e perspectiva, se manifesta na coincidência das consequências: reais ou imaginadas, ambas alertam para uma extinção, um fim.
"Dyckias - Tempos de Extinção" de Iur Gomez (Fpolis, SC) aborda os resultados ecológicos e sociais da implantação da usina hidroelétrica Barra Grande no Vale do Rio Pelotas, fronteira de SC com RS. Já o inusitado "Quando o Rio Soa" (Cuando El Rio Suena) de Verónica Rocha (Córdoba, Argentina) reconta as reações absurdas de uma pequena cidade quando um apocalíptico boato inunda o imaginário da população. Como sempre, uma sopa vai deixar a sessão submersa em bons filmes e boa conversa. Seja bem vindo!



Dyckias - Tempos de Extinção
Direção e Roteiro: Iur Gomez e Jonas Edson Pinto. Documentário, 52 min, 2007, Fpolis, SC
Um documentário que reflete a questão do desenvolvimento econômico à revelia da preservação ambiental partindo de uma bromélia endêmica denominada Dyckia distachya, que se localiza exclusivamente às margens dos rios Uruguai e Pelotas, na divisa dos estados de SC e RS, incluída na Lista Oficial da Flora Ameaçada de Extinção (Ibama, 1992) e foi extinta pelo lago formado pela barragem de UHE Barra Grande.


Cuando El Río Suena (Quando o Rio Soa)
Direção: Verónica da Rocha. Documentario, 42 min, 2003, Cordoba, Argentina
Um documentário saído da memória coletiva dos habitantes de Cruz del Eje, uma pequena cidade de Córdoba, Argentina. Uma crônica de uma catástrofe que não foi. Em fevereiro de 1992, rolou nesta cidade e premonição de uma mulher sobre uma grande catástrofe. Na noite de 22 de fevereiro, os habitantes de Cruz del Eje foram alertados da notícia de que o dique perto da cidade havia rompido. O povo todo correu até uma montanha próxima para escapar da inundação... as horas passaram mas a água nunca chegou.

A diretora Verónica da Rocha é  documentarista, fotógrafa e professora. É licenciada em Cinema e Televisão, formada na Universidade Nacional de Córdoba. Trabalhou como fotógrafa no 6o Forum Social Mundial (2006) em Caracas, Venezuela, e no 5o Forum Social Mundial (2005) em Porto Alegre, Brasil. Trabalha na área de Educação Audiovisual em colégios públicos. Atualmente desenvolve diferentes projetos de documentários em curta e longa-metragem.

O QUE:
cineclube SOPÃO DE FILMES apresenta: "A Represa e o Fim do Mundo"
QUANDO:
Domingo, 26/10, 19:30
QUANTO:
Entrada franca, com doação sugerida de R$ 1
ONDE:
Espaço Cultural Pomar das Artes
R. Antonio Carlos Ferreira, 418 - Agronomica
(inicio do Morro do Horacio, mesma rua do posto Angeloni beira-mar)
CONTATO:
Sopao.De.Filmes@gmail.com
(48) 9941-2714
www.SOPAOdeFILMES.blogspot.com.br

2 comentários:

Verónica disse...

Olá! Sugiro sopa de abóbora
com alho, servido com creme verde e cebolas.
Que fique deliciosa sopa e desfrutar dos filmes.
Saudações.
Verónica de Córdoba

Débora Lucas disse...

Tá vendo. Já descobri um filme de floripa...."A represa e o fim do mundo"...Vou procurar pra ver...
Adorei o blog pra divulgar o Cineclube...Não esqueça a cópia do Toicinho para o nosso cineclube de BH.
Abraços,
Débora Lucas